Os salários pagos pela “queridinha” dos brasileiros no LinkedIn
25 de outubro de 2017
Coaching&Carreiras

Dinheiro

São Paulo — Um levantamento recente do LinkedIn revelou que o Grupo Pão de Açúcar (GPA) é o empregador mais popular entre os 30 milhões brasileiros que usam a rede social.

A página oficial da gigante do varejo no site é seguida por mais de 270 mil pessoas e ficou em 1º lugar em volume de buscas, interação e engajamento com usuários do LinkedIn.

A conquista do topo do ranking sugere que a empresa aposta na internet não apenas para divulgar vagas de emprego, mas também para interagir com talentos, comunicar sua cultura e fortalecer sua marca empregadora.

Outro site que serve como “vitrine” para o GPA — mas, nesse caso, sem a sua interferência — é a plataforma Love Mondays, que agrega comentários anônimos sobre milhares de companhias no Brasil, inclusive quando o assunto é remuneração.

Segundo dados da plataforma, os funcionários do Grupo Pão de Açúcar estão relativamente satisfeitos com sua contrapartida financeira: a nota média para o item “remuneração e benefícios” é de 3,38 numa escala que vai de 0 a 5.

No total, a empresa conta com 867 salários informados. Os números não são oficiais: trata-se de médias calculadas a partir de informações compartilhadas de forma anônima pelos usuários do site.

Confira a seguir os valores brutos para 10 cargos, segundo consulta no site Love Mondays em 5 de outubro de 2017. O número de salários informados para cada função varia de 4 a 17:

Cargo Média salarial informada (R$)
Gerente de recursos humanos 12.656
Gerente 10.189
Coordenador de marketing 9.876
Coordenador 9.597
Consultor 8.200
Analista sênior 6.489
Analista de planejamento pleno 5.007
Analista 4.216
Analista de planejamento júnior 3.296
Estagiário 1.491

Fonte: Carreira – Você S.A

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>