O que grandes escritórios brasileiros de Direito buscam num candidato?
3 de setembro de 2017
Coaching&Carreiras
Assim como qualquer outra empresa, escritórios de advocacia sabem o que buscam em profissionais que querem se juntar aos seus quadros. Para facilitar a busca de jovens advogados, o NaPrática.org consultou 4 grandes escritórios brasileiros para entender o perfil que procuram em candidatos.
Bichara Advogados

Voltado ao Direito Empresarial, o escritório Bichara Advogados tem mais de 130 advogados e cerca de 400 colaboradores em seus espaços em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Vitória.

Segundo Mateus Pardim, gerente de Recursos Humanos do escritório, que é focado em resultados práticos, um advogado ali precisa ter “uma cultura de disponibilidade total para o cliente.”

Além disso, há competências organizacionais fundamentais, como polivalência, capacidade de entender o negócio do cliente e de pensar em soluções práticas. Também buscam inteligência emocional e capacidade de lidar com imprevistos. “São duas características muito valorizadas por nós.”

Mattos Filho

Ao todo, o escritório Mattos Filho atua em cerca de 30 áreas do Direito e representa diversos tipos de clientes, como empresas, fundos de investimento e organizações sem fins lucrativos.

Situado em São Paulo, onde mantém dois espaços, também conta com escritórios no Rio de Janeiro, Brasília, Nova York e Londres.

Segundo Juliana Gebara de Sene, advogada do Mattos Filho na área de Propriedade Intelectual há uma década, o escritório busca principalmente pessoas comprometidas e que queiram aprender.

“Aqui damos oportunidades para quem realmente quer”, afirma. “Também não podem desistir facilmente, porque haverá obstáculos e muito trabalho. Se você estiver disposto a se desenvolver, vai conseguir crescer aqui.”

Souza Cescon

Presente em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Salvador, o escritório de advocacia empresarial Souza Cescon atua em 17 áreas do Direito e setores diversos, como óleo e gás, hospitalidade e entretenimento.

Segundo Maria Angélica de Carvalho, gerente de Recursos Humanos, para enfrentar os desafios diários é preciso ter inglês fluente, excelência acadêmica e um mindset global, além de muito entusiasmo para encontrar novos caminhos.

“Nossos advogados se destacam pelo esforço colaborativo, multidisciplinar, atenção aos detalhes, dedicação máxima e comprometimento com a defesa dos interesses de nossos clientes e pela atuação em operações altamente sofisticadas e muitas vezes inéditas no mercado”, resume.

TozziniFreire

O escritório TozziniFreire atua em todas as áreas de Direito Empresarial e tem unidades em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Campinas e Nova York.

Segundo Rodrigo de Campos Vieira, head da área de Inovação e Startup do escritório que já falou sobre seu dia a dia aqui, é preciso primeiro ser apaixonado pelo Direito. “É preciso ser curioso”, fala.

Espírito colaborativo, fluência em inglês e estar disposto a aprender também são pontos fundamentais.

“Exigimos que as pessoas sejam flexíveis para termos a liberdade de testá-las em uma área ou outra. Não adianta ser um grande advogado na área empresarial mas que não sabe conversar sobre a área contenciosa”, explica. “O jovem advogado precisar estar aberto a fazer um rodízio entre diversas áreas para ter uma gama maior de conhecimentos.”

Fonte: Portal Na Prática

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>