Missão dada é missão cumprida – Tropa de Elite

21 de novembro de 2015
Coaching&Carreiras

No Congresso do PGQP – Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade – de 2012 assisti uma palestra com o ex-capitão do Bope Paulo Storani, um dos oficiais que inspiraram o personagem capitão Nascimento no filme Tropa de Elite. Na palestra ele conta os princípios de como trabalhar em equipe de acordo com a filosofia do Bope – Batalhão de Operações Policiais Especiais.

Primeiro de tudo, eles nunca se autointitularam por ser uma Tropa de Elite, esse título veio da imprensa, e sim uma equipe de alta performance. São os melhores, os que tem os melhores resultados.

Não se ganha um centavo a mais para trabalhar no Bope, nem são convidados, as pessoas vão por que querem, são voluntários. E o que atrai as pessoas? Ser e estar com os melhores.

Paulo Storani conta que 99% do filme Tropa de Elite 1 é baseado em fatos reais, que aconteceu de 1995 a 1999, menos o saco plástico e o cabo de vassoura, disse ele de forma irônica fazendo referência às torturas feitas com os bandidos no morro. Ainda brinca, “não posso falar sobre isso, mesmo se me colocarem um saco plástico na cabeça vou dizer que não sei de nada”.

Missão dada é missão cumprida!

Frase que ficou muito famosa após o filme, mas o que está por trás dessa citação? O que eles de chamam de missão? Simples, quando se determimina uma meta, objetivo ou tarefa. Quem vai transformar essas 3 coisas em uma missão são as pessoas que irão realizar. A consciência de valorizar o que faz é de cada um, de colocar um propósito, a capacidade de dar valor e gerar o sentimento que nutre. Isso é uma missão.

Pensando em como trabalhar em equipe acredito que essa maneira de tratar as metas e objetivos é essencial para uma equipe comprometida. Depois que ele explicou esse conceito olhei para traz no auditório e percebi como os rostos das pessoas tinham mudado de expressão, estavam todos pensativos.

Qual limite você se impõe para proteger seu filho? Nenhum. Alguém assina contrato para isso? Onde está a descrição do cargo de pai e mãe? Esse é o sentimento de um missionário. Faz porque sente que é seu. São pessoas que tem determinação!

Se o problema não foi resolvido é porque não é grave. Então para ser resolvido é só agravar o problema, ou seja, dar sentido de importância.

Paulo Storani é mestre em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense e explica o significado do logo do Bope. O crânio significa a morte. Morte quando acontece é fracasso para o Bope. A faca na caveira é para lembrar que combatem o fracasso.

Regra vitoriosa segundo a filosofia do Bope:

  1. Determinar o objetivo, ou seja, definir a missão. O primeiro passo é ter um foco claro, qual é o resultado que queremos? Tudo gira em torno disso.
  2. Planejar a missão. Estabelecer as melhores estratégias e táticas para cumprir a missão. Qual a forma mais simples para atingir o objetivo? Quais são os possíveis obstáculos que podemos encontrar e quais são as opções para superar cada um? Essas são perguntas essenciais para o bom planejamento.
  3. Preparar a equipe. Basicamente mobilizar e capacitar sempre seguindo um princípio: cabeça fria e coração quente. Primeiro mobilizar para a importância do que farão e depois capacitar passo a passo como aplicar a estratégia montada.
  4. Executar o plano. Requer disciplina e excelência. Ele foi enfático: “cumprir o plano, sem desculpas”. Não existe a possibilidade de fracasso, se começamos, vamos terminar.
  5. Avaliar os resultados. Corrigir o que erraram para que nunca mais volte a acontecer e criar método para tudo o que acertaram com o objetivo de replicar inúmeras vezes.

Ficou claro para mim que se quiser aprender a como trabalhar em equipe deve-se colocar significado a tudo que quisermos conquistar, ou seja, tornar cada objetivo realmente relevante. Entender que o desconfortoestimula a inovação, a pensar diferente, só temos a noção do equilíbrio quando estamos em desequilíbrio. Praticar o princípio desidratativo, a superação vem com o suor do trabalho, com o ritmo e a disciplina. E por último, o trabalho em equipe é sempre pautado na colaboração, que é o sentido de força que vem quando todos tem a vontade de fazer.

Resumindo: o resultado é fruto de uma vontade própria, da determinação.

Para quem decidi vencer, missão dada é missão cumprida.

Vá e vença!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>